Thursday, August 14, 2008

Pequenos nadas


Recolher com esta imagem no caminho. Parar e suspirar (com um vento e frio cortantes de Agosto, repare-se) e sentir que todas as escolhas fazem sentido aqui, agora. Esboçar um sorriso com a firmeza das decisões. Escutar o coração e deixar a lágrima rolar até quando quiser parar. Muito tenho chorado eu estes dias.

Amo Londres. Amo, com muita, muita força

4 comments:

Lua said...

Ontem tentei ligar-te para saber novidades mas não te apanhei. Espero que te tenhas deitado tranquila...

Liga-me, ok?

P.s. Se ainda não compraste o Lonely Planet NY então não compres porque já cá canta. Eu sei, sou uma miúda autêntica :)

cris said...

Gostei do texto, tem dias que me sinto assim...no fim sei e sinto que vale a pena todas as decições tomadas!
Nesses dias, ouço sem parar, uma das minhas canções. My way!!!
Simplesmente diz tudo ....
Já agora aproveito para te desejar boa viagem a Nova Iorque .
Aproveita muito bem !!
cristina nunes

Joana said...

=) entendo. era dos meus segredos em Londres, essa imagem, mesmo no meio da ponte: "firmeza das decisões...lágrima rolar até quando quiser parar"...boa viagem e lembra-te: "A vida é feita de nadas"***

[anna_pacheco] said...

sónia, o peso de cada palavra revela a convicção de cada - tua - decisão... Como compreendo cada uma delas... Como anseio poder novamente senti-las... Sílaba a sílaba... Tudo de bom, querida!
Beijo
Ana