Friday, April 28, 2006

Carta Aberta a uma amiga que nunca foi Amiga

No mundo de hoje, interessam-me sobretudo valores. Valores morais, valores dos que valem oiro, que me guiam e pelos quais pagaria fortunas para não perder.
Valores que mostram o que somos, valores que enchem e que se espalham mediante a expansão das nossas vidas.
Escolho os meus amigos por valores, pelo seu “preço no mercado”. Vou repetir: escolho os meus amigos…escolho! Tenho o privilégio de poder escolher com quem me relaciono, com quem partilho ideias e ideais e sobretudo, com quem partilho sentimentos.

Estou cansada de alimentar escolhas que se tornaram obrigações. Cansada de insistir no ré quando a tecla só toca, e só vai sempre tocar um mi egoísta. Cansei.
Cansei de quem molda a vida de modo mesquinho e interesseiro.

Porque tu sempre serás assim; centrada em ti própria, voltada para o teu próprio ego, alimentando-te das teias de ódio que constróis á volta dos que por ti velam. Porque a massa que te constrói não tem emenda, é feita dessa carne podre, tipo abutre esperando a melhor oportunidade para se lançar á presa.

E eu preciso é de amor!

Fica bem, cessa bem,

2 comments:

Anonymous said...

Interesting website with a lot of resources and detailed explanations.
»

Anonymous said...

I love your website. It has a lot of great pictures and is very informative.
»