Wednesday, December 05, 2007

Londres.

Posso escrever muito sentimentos sobre muitos locais, mas nenhum será tão genuíno como os que uso para te descrever. Porque são esses mesmos sentimentos que não descrevo que me prendem aqui e não te trocam por nenhum outro lugar. Muitos há que não percebem, mas só tu e eu sabemos a dimensão deste abraço. És tu a eleita, com todos os teus defeitos.

1 comment:

Ana said...

extraordinária descrição... Do lugar comum que torna, inexplicavel e profundamente, tudo, em cada segundo do minuto duma tal hora que passa, tão genuíno e intenso... Tão único! PAra ti londres, para mim, não eindhoven, mas esse tal lugar que nos enche... que nos faz pessoas completas... Idependentemente das ausências... Sim... Completos!!!
Ana