Monday, February 04, 2008

E como já comeca a ser rotina neste blog...

...segue o update do fim-de semana :)
Estive vai não vai para cancelar a coisa, mas a pedido de várias familias…


Acordo fresquinha no sábado e convido a Maria para picnicarmos em Hyde Park. Algo me diz que depois dos exames e com o Carnaval á porta a Maria alinha bem para uma bicicletada – juro, que não conheco muita gente assim, bem-disposta, desenrascada e sempre pronta a alinhar em qualquer progama! Viva a Maria que me aturou o fim-de-semana inteiro (há quem diga que é dificil..)

E se há coisa que me dá estímulo é tirar um pouco do meu tempo de fim-de-semana para os pasques da cidade, e a avaliar pela quantidade de Portugueses que encontrámos não sou a única… Adorei desta vez faze-lo de bicicleta, fresquiiiiinho!!

Perto do Kensigton Palace abrimos a mala e toca de tirar cá para fora o farnel. Tudo soube muito bem inclusivé o chá de gengibre ainda quente que a Maria trazia, que nos aquecia por dentro e disfarcava o gelo – eu surpreendo-me comigo mesma todos os dias, querem ver que afinal ate já gosto de gengibre?

Dali ate á Whole Foods foi um salto, sem se perder a oportunidade de comprar uma boa dose de tofu ;)
E naquela do olha isto, olha aquilo, eis que a vejo disfarcada, a Catedral de St.Pauls – não “a mítica Catedral de St.Pauls”, apenas mais uma na imensidadao de góticos pela cidade…Decidimos entrar para espreitar. Abro a porta lentamente, estendem-nos um livrinho e uma vela e encaminham-nos para um banco. Estou completamente surpresa, olho para a Maria que ainda está pior que eu. Dá-nos um ataque de riso que disfarcamos, afinal estamos em plena missa.
Mas o que é que nós estamos aqui a fazer?- pergunta-me a Maria. Sei lá. Completamente preplexa folheio o livrito para tentar descobrir quanto tempo falta para o final – ainda vamos no sermao, ora bolas! A esta altura a Maria já canta em boa e afinada voz de opera… lembro-me de pensar para mim em letras gordas vermelhas Sónia, controla-te! e trincar os labios para nao me desmanchar…

Na parte da comunhão aproveitamos e saiímos dali. Afinal temos uma sessão de engorda á nossa espera: Pegamos nas bicicletas e partimos em busca da “casa encantada” - a casa do irmão/cunhada da Maria com uma prometida seleccão de bolos :)

Tal como a irmã (Teresa Alves, para quem seguir o link), a Sofia não desilude. Segue-se uma amena cavaqueira com cheirinho a casa entre scones, bolo de limão e as já famosas internacionalmente bombas calóricas (ou brownies). E confesso, estava-se tão bem!!

Mas a noite trazia outros planos e tinhamos acordado com o Wask + a sua Maria, a Filipa e alguns afluentes que se quisessem juntar rumar ao Guanabara. Mas qual Guanabara qual quê! Com duas horas na fila e uma outra de espera prevista ficámo-nos pela intencão de celebrar o Carnaval. A noite acabou no The verve a dancar ao som de uns brilhantes 80’s com uma passagem pelo Longacre. Fica a foto com as máscaras possíveis:


(como já comeca a ser hábito neste blog agora que o laptop pifou as fotos são surrupiadas – 1ª montagem da Maria, 2ª blog do Wask)

No Domingo foi dia de sessão cultural. Na semana passada ofereciam bilhetes para esta producao aqui no Hospital. Eu, á bom Tuga, que de graca até uma injeccão na cabeca resolvi ir e levar alguma malta comigo. Muito giro! Já tinha ido a producões baratas mas nunca tinha ido verdadeiramente ao teatro em Londres. E mais uma vez a cidade não me desiludiu…

Eu sei o que estãao a pensar agora. Uma boa vida nao é? Pois, eu sei. Life cannot get much better than this. Mas este tópico trás tanta coisa em si que merece um outro post :)

2 comments:

Maria said...

Foi mesmo assim que tudo aconteceu!!!eu tava lá e vi!e agora plas tuas palavras vi de novo e ainda me ri:)sao dias assim que nos mostram quanto vale a pena viver e quanto vale uma vida com saúdinha;)agora...keep it up!

Maria said...

obrigada plo desafio e obrigada pro me aturares também!...all day looooong :)