Tuesday, May 20, 2008

Rolando

Quando percebi de que a minha bicicleta não estava lá as lágrimas rolaram-me pela face abaixo. Não houveram gritos ou expressões grandes de desespero, apenas uma tristeza profunda que aleijava cá dentro.

A minha híbrida, agora que penso nisso, não valia um tostão furado. Os travões faziam-me partidas e ginchavam bem alto quando chuvia, a roda da frente estava empenada, um dos pedais já tinha saltado e já o tinha madado substituir por um outro desamanado, enfim, um acumular de coisinhas más que faziam dela uma boneca aos meus olhos e um trapinho aos olhos dos demais. Mas … era a minha bicicleta, escolhida por mim, na minha cor (vermelhinha), com a campaínha mais bonita do mundo - uma flor amarela sorridente. Fazia-me feliz.

Doeu porque mexeram no que é meu, num pertence querido.

Desde Fevereiro tenho (não sei como) sobrevivido sem bicleta na esperanca vã de encontrar a minha hibridazinha. Vivi assim neste limbo de quem não percebe muito bem o que aconteceu, perguntando-me aonde e com quem estará, á espera que, por magia, a bicicleta estacione no meu lugar da garagem.

Hoje engoli toda esta dor e comprei uma nova. Nao é vermelha nem eu nunca vou ser capaz de sentir algo assim bonito por ela. Fiz o caminho de Victoria ate aqui numa velocidade á qual nunca andei nem voltarei a andar por aqui. As lágrimas corriam-me novamente, o coração apertado e tão livre novamente, como se me traísse a mim mesma.
Agora (penso) o fantasma saiu. Estou pronta para me apaixonar outra vez…

7 comments:

| tiago | said...

Onde estão as fotos da nova 'bomba'?!? :o). Tens de a levar da próxima vez que combinarmos algo (saídas de 6F a noite não incluídas que não te deve dar muito jeito! eheh).

PS: Em resposta ao teu comentário ... já te disse que não estou nada preocupado ... aquele assunto é uma mera curiosidade!! ;o)

Lua said...

Sim, mostra fotos!

Zita said...

Sim, queremos fotos. E em resposta ao teu comentario e ao do Tiago, mas "quem" e que tu lhe vais mostrar na Sexta ;)????

Beijinhos e aproveita ao maximo a tua nova bicicleta

@me@@@ said...

He ge gostei do post... aliás já há algum tempo que sou leitora assídua e devo te dizer que gosto bastante do teu blog... e já agora deixa-me que concorde com os demais comentários... então e as fotos???

Tuga em Londres said...

Deve saber bem andar de bicicleta pelas ruas de Londres, além do que passas pelo trânsito todo num instante. Cheguei a experimentar andar por cá de bicicleta uma vez mas acho que a coisa não correu muito bem porque acabei por andar de bicicleta no passeio (eu sei que isso não se deve fazer) mas tal era o susto de ter os autocarros de dois andares passarem rentinhos a mim na estrada. mas acho que isso com a practica lá dá para habituar.

Cromossoma X said...

Ola meninos :)

As fotos virao, descansem...

me: e' um prazer! Junta-te a' festa!

Filipa: isso com o tempo habituas-te!!Mas andar de bicla em Londres da-te uma sensacao de liberdade!!

[anna_pacheco] said...

como te percebo sónia... nestes meses no país das bicicletas, não ia pa lado algum sem a minha peugeout... Inseparáveis e, isso mesmo, sentido de liberdade... Gasolina o quê??? pernas!!! lololo.... Havia dias em que faziamos 40 km... Sinto saudades... Que o teu novo bólide de duas rodas seja tão ou mais fantástico que a tua hibridazinha!!!!!
Beijo